Carrinho

Pretérito Imperfeito do Subjuntivo

Pretérito Imperfeito do Subjuntivo

O Pretérito Imperfeito do Subjuntivo é utilizado para exprimir uma condição, um desejo ou uma possibilidade e está associado com o futuro do pretérito do indicativo.

Vejamos alguns exemplos:

1o. Condição.

Se você conseguisse mais pesquisas, teríamos mais recursos para este projeto.

Se ela cantasse bem, participaria da apresentação.

Se ele caminhasse mais, teria mais saúde.

 

2o. Desejo.

Na minha opinião, se ele fosse conosco, o passeio ficaria melhor

Se eu ganhasse na loteria, viajaria pelo mundo.

Se eu pudesse, comeria chocolate todos os dias.

 

3o. Possibilidade.

O que você faria se estivesse em uma ilha deserta?

Se eu fosse você, falaria com seu chefe.

Se vocês ficassem mais em casa, teriam mais tempo para descansar.

 

Neste vídeo eu também explico sobre o Imperfeito do Subjuntivo, com alguns exemplos.

O Imperfeito do Subjuntivo é formado a partir da terceira pessoa do plural do pretérito perfeito do indicativo, eliminando-se a terminação -RAM e adicionando o sufixo adequado.

Exemplo: Verbo TRAZER: eles TROUXE(-ram) > eu TROUXE(+sse)

 

PRETÉRITO PERFEITO       PRETÉRITO IMPERFEITO DO SUBJUNTIVO

Eu trouxe                                  Se eu trouxesse

Tu trouxeste                             Se tu trouxesse

Ele trouxe                                  Se ele trouxesse

Nós trouxemos                         Se nós trouxéssemos

Vós trouxestes                          Se vós trouxésseis

Eles trouxeram                        Se eles trouxessem

 

Na maioria das vezes, os tempos do Subjuntivo mostra que uma oração está subordinada a outra, ou seja, eles sempre têm duas orações. E por consequência, uma delas ganhará uma conjunção: QUE (presente do subjuntivo), SE (imperfeito do subjuntivo) e QUANDO (futuro do subjuntivo).

No nosso livro  Português 4, temos os três casos do Subjuntivo, com exercícios para completar e áudio. Mais informações  aqui.

E se você quiser receber um ebook grátis, com 25 expressões brasileiras e suas explicações, clique aqui.

Compartilhe este post para que outras pessoas possam esclarecer suas dúvidas também.

Grande abraço,

Marcia Macedo

No Comments

Post A Comment

*